domingo, 11 de agosto de 2013

Dê sua ideia para a Reforma Política e outros temas relevantes, diretamente. Veja como!


O e-Democracia é um portal da Câmara dos Deputados, que foi criado para estabelecer uma ponte entre o cidadão eleitor e os seus representantes, no caso, os deputados federais, onde você pode participar com sugestões e/ou críticas na elaboração de leis e normas que são discutidas na casa, podendo, inclusive, influenciar com suas ideias e considerações.

 É o caso da Reforma Política que está rolando agora. E, por sinal, é uma boa ideia participar e dar a sua opinião, já que, pelo visto, o que está sendo gestado por lá não tem muito a ver com os anseios reais da população e as necessidades do país.

Você tem que se filiar ou cadastrar para poder participar, é simples! Você pode participar não só deste tema, mas, de todos os que estão em análise na Câmara dos Deputados.
O Portal e-Democracia, desenvolvido pela Câmara dos Deputados do Brasil, visa incentivar a participação da sociedade no debate de temas importantes para o país, por meio da internet. Acredita-se que o envolvimento dos cidadãos na discussão de novas propostas de lei contribui para a formulação de políticas públicas mais realistas e implantáveis.
O Portal é dividido em dois grandes espaços de participação: as Comunidades Legislativas e o Espaço Livre. No primeiro, é possível participar de debates de temas específicos, normalmente, relacionados a projetos de lei já existentes. Essas Comunidades oferecem diferentes instrumentos de participação e, ainda, orientações quanto ao andamento da matéria no Congresso Nacional. Já no Espaço Livre, a população pode definir um tema para debate e iniciar a discussão.
As discussões do Portal e-Democracia são acompanhadas pelos parlamentares envolvidos com a matéria, considerando-as para auxiliar suas decisões.
Neste link, e-Democracia, você acessa a home page do portal.

Nós já somos cadastrados desde a sua primeira versão, em 2009, quando, inclusive, participamos de um debate sobre Projeto de Lei Muwaji, (você confere aqui) que tratava sobre o infanticídio indígena. Agora, em 2013, o portal acaba de ser relançado.

Neste link, aqui, você confere algumas das comunidades de temas/debates, atuais e as que já foram encerradas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!

Bem vindo, a sua opinião é muito importante.