domingo, 25 de dezembro de 2011

A necessidade do sono

O Sono, de Salvador Dali
É inegável a importância de uma noite de sono bem dormida para assumirmos, plenamente, todas as nossas potencialidades, sejam elas, físicas, emocionais e intelectuais no cotidiano, não é verdade?

Pesquisas recentes feitas em muitos países constataram que 95% das pessoas teem ou já tiveram problemas com insônia. A “Higiene do Sono” é uma série de procedimentos simples que, se observados são suficientes para resgatar a capacidade de dormir um sono tranquilo, reparador e vitalizante. 
 
- A iluminação. O quarto deve estar o mais escuro possível e os momentos que antecedem o ir para cama não devem ser de exposição à luz intensa, como a tela do monitor do computador ou mesmo a TV;

- O silencio também é um fator fundamental, já que os ruídos, não só interrompem o sono como o mantém, quando se consegue dormir apesar deles, em seus níveis superficiais, reduzindo-lhe, significativamente, a qualidade;
      - A refeição ou lanche – a ultima do dia – deve ser feita um bom tempo antes de ir para a cama, em pequena quantidade e evitando alimentos pesados e de difícil digestão;

    - Conforto e posição. O colchão tem que ser adequado – não muito duro - o ambiente deve ser ventilado e a posição mais adequada é de lado, com um travesseiro suficientemente alto para apoiar a cabeça;

    - Atividade Física regular durante o dia e exposição à luz – solar de preferência – induzem ao sono e regulam o relógio biológico.

    E, falando em relógio biológico, a regularidade com horários para dormir e acordar, são fundamentais para uma boa noite de sono.

    Como vê, são medidas relativamente simples, naturais e que podem impedir que “adquira” ou que se “cure” – se já o tem – um dos “males do século”, que acaba desencadeando uma série de outros problemas e acabando com a saúde e qualidade de vida de qualquer um. (Novaseboas)
Se gostou deste post, assine o nosso feed RSS Feed ou siga no Twitter, para acompanhar as nossas atualizações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!

Bem vindo, a sua opinião é muito importante.