sábado, 13 de abril de 2013

Lembra-se do seu voto para senador na última eleição? Dê uma olhada nisso

Você que votou em um senador, tem idéia do que ele anda fazendo com o mandato que lhe concedeu com o seu voto? Não? É bom ficar de olho, pois, graças ao seu voto ele vai muito bem, obrigado, com as vantagens que lhe concedeu. Muitas delas, incompreensíveis e injustas. O seu trabalho? Nem tanto.
"Um senador ganha o salário de R$ 26,7 mil mensais – o equivalente a mais de 42 salários mínimos – mais benefícios, como auxílio moradia de 3,8 mil reais mensais, auxilio médico sem limite de valor anual e auxílio psicológico e odontológico de até 25,9 mil reais anuais. Tem ainda a Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar dos Senadores (Ceaps), no valor de R$ 15 mil mensais, mais cinco passagens aéreas de ida e volta da capital do estado de origem. Só para lembrar: tudo é pago pelo contribuinte, que o elegeu para ter um representante dentro do senado.
Já pensou se as empresas fossem obrigadas a pagarem o aluguel de todos os seus funcionários e trabalhadores, por exemplo. Pois é, os parlamentares que ainda teem o privilégio de decidir o quanto vão receber de salário no final do mês, também decidem por uma lista de benéficos obscenos que os favorecem. 

Isso se eles efetivamente trabalhassem todo dia como qualquer um. A sua carga horária, e dias de trabalho são, também, decididas por eles. Ou os três dias da semana, quando deveriam estar em plenário, o que nem sempre acontece com grande parte deles.

Se você acha tudo isso justo, deveria, no mínimo, vigiar o “seu senador” e ficar de olho quando ele voltar a assediá-lo nas próximas eleições.

Clique aqui e veja um caso exemplar do que estamos falando.

 Se gostou deste post, subscreva o nosso RSS Feed ou siga no Twitter, para acompanhar as nossas atualizações

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!

Bem vindo, a sua opinião é muito importante.