terça-feira, 5 de junho de 2012

Verdades incômodas sobre o mensalão

 O mensalão é um palavrão que já “rodou” muito na mídia e que agora, às vésperas de seu julgamento pelo STF, volta ao centro das atenções com o episódio: Lula x Gilmar Mendes. Tudo indica que, sobretudo pelo interesse da Veja no episódio, é uma cortina de fumaça que tenta lançar, já que tem ligação com o protagonismo da revista e seu editor com as denúncias que estão sendo apuradas pela “CPMI do Cachoeira”, embora o mensalão em si seja real. No artigo abaixo, dá para entender um pouco mais do que se trata.
O leitor que tiver paciência de ler esta nota até o fim terá elementos melhores para julgar o debate envolvendo Lula e Gilmar Mendes.
Escrevi em nota anterior que o pano de fundo deste conflito envolve o ambiente político em torno do mensalão.
Uma das partes tem interesses em politizar o debate no ponto máximo. A outra tem esperança de convencer os ministros a apoiar-se em argumentos de natureza técnico, no exame das provas.
A leitura do relatório do delegado da Polícia Federal Luiz Flávio Zampronha, disponível na internet, é rico em detalhes e bastante completo na abordagem.
Só para o leitor ter uma ideia da radicalização da situação. Tratado pela imprensa, o relatório já foi exibido como prova definitiva da existência do mensalão. Também foi apontado como prova do contrário.
Em suas conclusões, o relatório mostra que se o PT não pode estar feliz com as denúncias apuradas, a oposição não tem o direito de festejar por antecipação.
É por isso que o julgamento é aguardado com tensão. Todo mundo espera um proveito político mas ninguém sabe o que pode acontecer.
Ninguém quer prestar atenção ao relatório.

Se gostou deste post, assine o nosso feed RSS Feed ou siga no Twitter, para acompanhar as nossas atualizações

Um comentário:

  1. Wow what a weblog i am so inspired here can you discuss here, i am back again again to your site as soon as possible and i have lot of collection for you just click here for more information.



    Technewsinfo

    Technews

    Tech news

    Tech

    ResponderExcluir

Olá!

Bem vindo, a sua opinião é muito importante.